top of page

Malunguinho é o rei das matas do angico ao vajucá

Atualizado: 10 de jul. de 2022


No passado, O Quilombo de Malunguinho foi um local de maior representatividade localizado nas terras hoje conhecidas como Engenho Utinga no município de Abreu e Lima, local de agregação e tolerância, bem como de acolhimento para aqueles que procuravam por proteção.

Entre os anos de 1814 a 1837, Malunguinho tornou-se o principal estrategista da resistência ao implementar várias ações contra o poder local constituído com o objetivo de conter os invasores dos quilombos, destacando-se a técnica de guerrilha conhecida como estrepes que consistia em uma espécie de lança que eram enterradas no chão. Segundo pesquisas, os líderes quilombolas no século XIX recebiam o título de Malunguinho e os registros demonstram que João Batista foi último líder desse quilombo.

Por fim, Ele, na atualidade, está presente na Religião da Jurema Sagrada como guardião que toma conta dos caminhos e cabe a ele a nobre missão de destrancar as estradas para que o filho de fé possa estabelecer a conexão com o mundo dos encantados.


Jurema com Axé

Gerando valor em você por meio do conhecimento espiritual

@juremacomaxe

@DelucaNatal


Deixe o seu comentário e compartilhe em suas redes sociais, para que mais pessoas possam receber os conhecimentos sobre a espiritualidade.




1 Comment


Olá a todos, axé para todos juremeiros 🙏🏻 sou do estado de Goiás de uma pequena cidade ( cristalina go ) fui iniciado na gira de umbanda por pai Joaquim de angola entidade essa que trabalha com minha mãe carnal (dona Izabel ) eu tinha 13 anos quando em mim essa entidade deu seu nome chamando (malunguinho) hoje tenho 45 anos estou sendo iniciado no candomblé e a umbanda nunca deixo, uma que umbanda mora em mim e eu nela, e na minha vida muitas coisas aconteceram e eu hoje estou dando continuidade ao legado de minha mãe.. não sei quase nada dessa entidade ( malunguinho ) gostaria muito de honrá-lo por tudo em meus caminhos e por hoje…

Like
bottom of page